Contato

Polícia

Lançada oficialmente a Campanha do Agasalho

O Alegrete está unido contra o frio. A Secretaria de Promoção e Desenvolvimento Social da Prefeitura do Alegrete promoveu, na manhã desta quarta-feira (25), no Calçadão, o lançamento da Campanha do Agasalho 2016, que tem a parceria dos Rotary Sul e Norte, UABA, CEA e Lions Club.

Na oportunidade, também foi realizada a 1ª Feira Social, com a venda de cobertores, recepção de cobertores e mostra dos serviços da Secretaria de Promoção e Desenvolvimento Social, como os CRAS, CREAS, Pronatec, Grupo Conviver Idosos, Projovem, dentre outros, que fizeram exposição dos serviços prestados.

Na abertura do evento, o representante da Câmara Municipal, o vereador Zé Paulo, parabenizou a equipe da secretaria pela mobilização para a arrecadação de doações e pela mostra de serviços. “Em nome da Câmara de Vereadores, parabenizo a secretária Graça e sua equipe pela por esta iniciativa solidária e que vai aquecer aqueles que mais precisam”, afirma.

A secretária de Promoção e Desenvolvimento Social, Graça Noronha, convidou à comunidade a participar da campanha, que nesta edição tem como prioridade a doação de casacos, cobertores, meias e calçados. “Já começamos a campanha com muitas doações e isso já demonstra o quanto a comunidade é solidária. Quem quiser fazer sua doação, pode fazê-la na secretaria”, finaliza.

As doações para a Campanha do Agasalho 2016 podem ser realizadas na Secretaria de Promoção e Desenvolvimento Social (Rua Demétrio Ribeiro, 409) diariamente das 7h30min às 13h30min.

FOTO: Andressa Benites/Depcom-PMA

Continue lendo
Publicidade
Comentários

Polícia

PRF prende homem com 1kg de crack

_O criminoso disse que foi comprar perfumes em Rivera, mas não tinha perfume algum consigo._

Na noite desta sexta-feira (16), a Polícia Rodoviária Federal prendeu um traficante com cerca de 1 kg de crack no município de Uruguaiana na BR 290.

Em ações de rotina de policiamento e fiscalização, policiais rodoviários federais abordaram um Renault Logan prata com placas de Sapucaia do Sul que transitava pela BR 290. Ao realizar uma entrevista com o condutor perceberam nervosismo e inconsistências nas suas respostas. O homem inclusive disse que vinha de Rivera, Uruguai, e que tinha ido lá comprar perfumes. Ele, entretanto, não portava dinheiro, perfumes, nem documentos comprovando a as compras. Os policiais então realizaram buscas pessoal e veicular, encontrando pouco mais de 1 kg de crack escondido no interior do veículo.

O criminoso, de 37 anos e natural de Porto Alegre, foi preso em flagrante e conduzido à polícia judiciária local. A droga e o veículo foram apreendidos.

Continue lendo

Polícia

Acidente gravíssimo na Estrada do Caverá

O acidente envolveu um caminhão que estava puxando uma carga de arroz e outro caminhão menor. O motorista deste veículo ficou nas ferragens por quase uma hora.

Continue lendo

Polícia

Rachadinha. MP investiga Secretário em Uruguaiana

 

Na manhã desta quinta-feira, 15 de abril, o Ministério Público do Rio Grande do Sul desencadeou a parte ostensiva da Operação Rachadinha, na cidade de Uruguaiana. Foram cumpridos mandados de busca e apreensão na residência de um secretário do Município, investigado por fatos praticados no curso do seu mandato como vereador entre os anos de 2016 e 2020, bem como de uma de suas assessoras.

 

A investigação apurou a prática do crime de corrupção passiva, na medida em que, à época em que atuava como vereador, o investigado solicitava de sua assessoria uma parcela do salário da servidora, que deveria ser reservado e, futuramente, entregue próximo das eleições, como se fosse uma doação eleitoral espontânea.

 

A investigação foi conduzida pelo promotor de Justiça do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) – Núcleo Fronteira Oeste, Cláudio Rafael Morosin Rodrigues, e pelo promotor de Justiça de Uruguaiana Pablo da Silva Alfaro. Participou da operação e do cumprimento dos mandados de busca e apreensão o coordenador do Gaeco do MPRS, Ricardo Herbstrith, com o apoio da Força Tática da Brigada Militar de Uruguaiana.

Segundo os promotores, “o resultado da quebra do sigilo bancário dos investigados, aliado à prova testemunhal produzida, provou de maneira satisfatória a existência da prática da rachadinha, consistente na solicitação de parcela do salário de sua assessoria, inclusive como requisito para assunção e permanência no exercício do cargo”.

Continue lendo

Popular