Contato

Educação

Maioria dos professores da Unipampa não quer paralisação

DSCF3159

Um comunicado do Sindicato dos Professores, diz “ Hoje, dia 23 de maio, em assembleia com a presença dos campi Jaguarão, Bagé, Itaqui, São Gabriel e São Borja, os docentes dialogaram sobre dois pontos de pauta: pauta unificada e paralisação”.

O documento ressalta: “No ponto que foi discutida uma nova paralisação, a assembleia absteve-se em sua ampla maioria, o que inviabilizou realizá-la neste momento. Foram 12 votos a favor da paralisação, 23 contra e 41 abstenções”.

Ainda o mesmo documento afirma; “ a postura de denúncia contra a precarização da educação, assim como ao desmonte geral da máquina pública, exemplificado nos ataques ao SUS e outras áreas importantes como a cultura. Será construída uma nota deste posicionamento da assembleia. E foi reforçada também a necessidade da transparência dos recursos da universidade”.

Ainda a nota informa; “como encaminhamentos foram decididos a realização de uma assembleia presencial em Bagé, ainda a ser marcada, e uma próxima assembleia por videoconferência para o dia 31 de maio às 17h. Também foi decidido o apoio às frentes parlamentares nos municípios onde estão presentes os campus da universidade, e o engajamento na mobilização com as outras categorias de servidores públicos federais nestas mesmas cidades”.

Por último, a assembleia enfatizou a sua indignação perante as violências sofridas pelos estudantes de Caçapava na semana passada, quando foram violentados por caminhoneiros na BR392. Será feita uma nota de repúdio a estas agressões e serão solicitados posicionamentos da reitoria e da Polícia Rodoviária Federal.

Continue lendo
Publicidade
Comentários

Educação

Unipampa mostra aos estudantes as vantagens de optarem pelos cursos em Alegrete

No município de Alegrete, com cerca de 73 mil habitantes, a Unipampa oferta os seguintes cursos de graduaçãoCiência da ComputaçãoEngenharia AgrícolaEngenharia CivilEngenharia ElétricaEngenharia MecânicaEngenharia de Software e Engenharia de Telecomunicações.

Quem optar por uma dessas graduações poderá continuar seus estudos no próprio campus com as opções de especialização em Engenharia Econômica e de mestrado em EngenhariaEngenharia Elétrica e em Engenharia de Software.

 

Campus Alegrete possui alguns diferenciais como, por exemplo, a parceria com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Farroupilha para a oferta do curso de Engenharia Agrícola; e o Parque Científico e Tecnológico do Pampa (PampaTec), que tem como objetivo promover o desenvolvimento regional através do empreendedorismo inovador de base tecnológica.

 

O PampaTec recebe empresas incubadas, associadas-residentes, graduadas e projetos pré-incubados.

O(a) discente da Unipampa, em Alegrete, também conta com uma estrutura de laboratórios para o desenvolvimento de atividades práticas da graduação e, também, dos grupos e projetos de pesquisa. Além disso, o(a) estudante pode participar de projetos de ensino e extensão, que contribuem para sua formação.

Alguns dos laboratórios do Campus Alegrete são: Laboratório de Estudos Avançados em Computação, Laboratório de Microscopia Eletrônica, Laboratório de Processamento de Energia e Controle, Laboratório de Solos e Pavimentação, Laboratório de Hidráulica, Laboratório de Reuso de Efluentes e da Água na Agricultura, Laboratório de Usinagem, Laboratório de Solda e muitos outros.

 

Quando as atividades voltarem para a modalidade presencial, temporariamente suspensa em função da pandemia de covid-19, os(as) acadêmicos(as) poderão contar com o Restaurante Universitário, a biblioteca, as salas, os laboratórios e toda a infraestrutura do Campus Alegrete para uma formação completa, de qualidade e totalmente gratuita.

Continue lendo

Educação

Luciana Genro sai em defesa de escola do Silvestre, no interior de Alegrete

Luciana Genro questiona governo sobre fechamento de educação infantil na zona rural de Alegrete

 

A 92km do centro da cidade de Alegrete, a Escola Estadual de Ensino Fundamental Santa Inês é a única que atende os moradores da região do Passo do Silvestre, desde a educação infantil até o nono ano. No entanto, no início deste ano letivo, a comunidade escolar relata ter recebido a notícia de que as matrículas da educação infantil não foram permitidas. A professora Izabel Vieira procurou a deputada Luciana Genro (PSOL), que enviou ofício à Secretaria da Educação questionando o governo sobre o assunto.

Izabel explica que, inicialmente, a Coordenadoria Regional de Educação (CRE) a informou de que as inscrições não haviam sido permitidas pois a Secretaria da Fazenda não estaria mais autorizando que a educação infantil funcionasse em escolas estaduais.

Ela contesta, porém, que há outras duas instituições no município que também são estaduais e não tiveram o funcionamento da educação infantil interrompido, mesmo não ficando em localidades isoladas como a Santa Inês. “A nossa escola fica a 92km distante do centro de Alegrete, então é uma localidade que não tem outra escola perto. Temos uma demanda de alunos da região”, aponta a professora.

 

Para Luciana Genro, as denúncias trazidas pela professora são graves e merecem uma resposta oficial do governo. “Não é possível que o estado queira fechar as únicas turmas de educação infantil em uma região completamente carente de infraestrutura escolar. Por isso estamos questionando diretamente o governo e exigimos uma resposta. A educação é um direito constitucional e deve ser garantida pelo estado. O nosso mandato está atuando para que o governo apresente uma solução viável para assegurar a educação dessas crianças”, disse a deputada.

A professora Izabel relata que, em 2020, a comunidade escolar encaminhou um processo junto ao Conselho de Educação para que a educação infantil permanecesse definitivamente na instituição. O processo está em andamento agora, o que torna a decisão do governo ainda mais surpreendente, na visão de Izabel. A educação infantil existe na escola desde 2016. “A nossa escola é muito necessária, é a única inserida na comunidade”, reitera a professora.

No ofício enviado à Seduc, Luciana Genro questiona se o governo realmente quer fechar a educação infantil na escola e, em caso positivo, para onde serão encaminhadas as crianças que estudariam na Santa Inês. A deputada também pergunta quais seriam os critérios adotados para a decisão e se haverá remanejo de professores e funcionários devido à medida.

Em 2019, a deputada já lutou junto à comunidade em questão referente aos ônibus escolares. O governo estadual, à época, emitiu um decreto proibindo os veículos de transporte escolar de transitarem por acessos ou estradas particulares, o que faria com que os estudantes da Santa Inês precisassem caminhar de dois a três quilômetros para chegar até a escola após descerem do ônibus escolar. A revogação da proibição foi atendida e os estudantes voltaram a poder ir até as proximidades da escola.

Continue lendo

Educação

Frederico comemora Lei que torna atividade física e educação essenciais

 

O governador Eduardo Leite sancionou, na tarde desta terça-feira (23/3), o Projeto de Lei (PL) 144/2020, de autoria da deputada Fran Somenzi, que reconhece a atividade física e a educação infantil e fundamental das redes pública e privada como essenciais. Com a agora Lei 15.603, que será publicada no Diário Oficial do Estado de quarta-feira (24), os decretos que regulam as atividades no Rio Grande do Sul durante a pandemia serão atualizados.

*Junto ao projeto, foi aprovada a emenda de autoria do deputado estadual Frederico Antunes, que inclui no texto as atividades das redes pública e privada de educação infantil e ensino fundamental como essenciais, bem como o apoio pedagógico.

Pelos protocolos estaduais, a educação infantil e o 1º e o 2º ano do ensino fundamental estarão autorizados a operar na bandeira preta, mas não podem ser modificados pelo sistema de cogestão regional. No entanto, a retomada das aulas presenciais ainda está proibida no Rio Grande do Sul por decisão judicial. Segundo o governador, “o Estado está trabalhando para reverter a decisão”.

Continue lendo

Ler edição online

Facebook

Previsão do tempo

 

 

Popular