Gardelon precisa de doações de sangue

O empresário José Gervásio Fuá ainda está internado e se recupera do risco sofrido na última semana. Ainda assim, a família pede auxílio, novamente, para a comunidade alegretense. Dessa vez, para doação de sangue A+. Gardelon precisa de transfusões, além da necessidade de reposição das unidades de sangue que foram utilizadas. As doações podem ser feitas no Hemocentro, de segunda a sexta-feira.

O empresário, de 65 anos, foi encontrado na margem do Rio Ibirapuitã na terça-feira (19), após ter sumido na manhã do mesmo dia. Segundo a família, o quadro do paciente é estável e ele passa bem.

HEMOCENTRO diz que doações são sempre necessárias

O Hemocentro de Alegrete atende em nível regional e abastece sete cidades:  São Francisco de Assis, São Gabriel, Rosário do Sul, Santana do Livramento, Itaqui, Quaraí e Alegrete. Nesse cenário, a equipe afirma que as doações são válidas em todos os tipos sanguíneos. “Todas as tipagens são bem-vindas, mas principalmente o O negativo que é universal”, afirma a instituição.

Como doar

Basta ir até o Hemocentro – na Rua General Sampaio ao lado da Santa Casa de Caridade,  nas segundas, terças, quintas e sextas-feiras, das 7h30min às 14h30min; nas quartas o horário é das 8h às 14h.

Posso ser um doador

Para ser doador basta um documento com foto, idade entre 16 a 68 anos, ter dormido no mínimo 6 horas na noite anterior à doação, não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12 horas e estar bem de saúde. Vale lembrar que após uma semana, o doador recebe os resultados dos exames – inclusive de doenças sexualmente transmissíveis.

 

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *