Alegrete foi o município escolhido para a Abertura do Ano Museológico

                                            Em breve o Museu estará aberto para visitação  da  comunidade

IMG-20170317-WA0060

A Prefeitura de Alegrete, através da Secretaria de Educação e Cultura, recebeu na última sexta, 17, o coordenador da VI Região Museológica, Adilson Nunes de Oliveira e representantes de Museus da região para a abertura do Ano Museológico.

A Diretora de Cultura, Andréa Oliveira, recepcionou o grupo com um café da manhã, no Museu Osvaldo Aranha, uma das mais importantes Casas de Cultura do Rio Grande do Sul e logo após fizeram visita aos museus do município. O grupo participou da comemoração dos 25 anos do Museu do Gaúcho, onde também foi descerrada a placa em homenagem ao ex-prefeito José Rubens Pillar.

Na parte da tarde, Adilson Nunes de Oliveira, que também é Diretor do Museu Paulo Firpo, em Dom Pedrito, onde atua nesta área há 40 anos, fez uma explanação ao grupo, em uma das salas do Museu Osvaldo Aranha, sobre as atividades desenvolvidas na região, sobre a importância do trabalho realizado nos museus, onde destacou a conservação preventiva, a montagem das exposições, a divulgação dos acervos, a documentação das peças, a elaboração dos projetos e, principalmente, sobre a gestão institucional.

“Como os museus são gestados pelo município e consequentemente há a troca dos gestores, poderá haver diferença no trabalho de quem sai com quem está entrando. Isto poderá ser positivo ou negativo, dependendo da visão das pessoas que estarão fazendo a manutenção e a preservação das Casas de Cultura “, avalia Adilson Nunes de Oliveira.

O município de Alegrete tem a responsabilidade de conservação e prevenção dos seguintes Museus: José Pinto Bicca de Medeiros, Osvaldo Aranha, do Esporte, do Gaúcho, Capela Queimada, Vasco Alves, do Arquivo Histórico e do Centro Cultural Adão Ortiz Houayek.

“Considero um sucesso o encontro, principalmente pode ter sido em Alegrete. É muito importante o entrosamento entre os municípios, isto faz com que a cultura fique mais dinâmica. Muito bom receber o diretor regional, neste novo ciclo, onde ele pode retornar ao seu antigo local de trabalho no Alegrete, que é o Museu de Arte José Pinto Bicca de Medeiros”, declara Andréa Oliveira

Durante a visita ao Museu Osvaldo Aranha, o diretor Marco Santierri explicou que o espaço está fechado para visitação por estar em obras de recuperação e restauro físico de suas instalações em caráter emergencial.

A Casa de Cultura foi aberta, somente para receber os representantes dos Museus da região. A Prefeita Cleni Paz e a Secretária de Educação, Márcia Dornelles dedicam atenção especial às Casas de Cultura de Alegrete para que possam cumprir com o propósito a que se destinam junto à comunidade.

Em breve o Museu estará aberto para visitação para que a comunidade escolar, pesquisadores, visitantes possam continuar usufruindo do acervo pessoal do alegretense Oswaldo Aranha “Cidadão do Mundo”. “A obra está tendo muito cuidado, obedecendo a normas e critérios necessários em vista do prédio centenário ser tombado pelo Patrimônio Histórico”, esclarece Marco Santierri.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *